The wikis are now using the new authentication system.
If you did not migrate your account yet, visit https://idp-portal-info.suse.com/

ARTIGOS:Biometria Facial na autenticação de usuários

Ir para: navegação, pesquisa

"O comando su/sudo no sistema operacional tem a função de atribuir ao usuário os poderes administrativos. Neste documento veremos como elevar a segurança incluindo a tecnologia de biometria facial junto a senha, assim criando uma camada adicional de autenticação."

Cabelo-face.jpg

Introdução

É o método mais comum entre os seres humanos se reconhecerem, além de identificar podemos perceber o estado emocional de uma pessoa apenas observando sua expressão facial.

Aplicações estáticas e assistidas (onde a imagem, a iluminação ambiente e a verificação é controlada) favorece a precisão do sistema. Quando a aplicação é desassistida ou a iluminação ambiente e a imagem não são controladas, devemos aumentar o coeficiente de similaridade tornando o sistema exigente, assim obtendo resultados precisos.

Embora o reconhecimento facial seja uma tarefa simples para o ser humano, é extremamente complexo implementar esse processo em uma máquina, pois não sabemos, ao certo, como o cérebro humano realiza essa tarefa. O cérebro humano pode identificar corretamente uma pessoa a partir de sua imagem facial mesmo sobre as mais diversas condições, como variações de iluminação, observando apenas uma de suas características ou partes, e até mesmo com distorções ou deformações.

O projeto pam-face-authentication

O pacote pam-face-authentication inicialmente foi projetado para trabalhar com o algorítimo eigenface para efetuar o reconhecimento facial baseada.

Algumas deficiências do eigenface alavancou a mudança para o algoritmo DCTMOD2 e LBP. O método LBP - Padrão de Binários Locais (Local Binary Pattern) é utilizado para classificar a textura em escala de cinza da imagem. Seu valor é calculado com o valor binário de cada pixel, formando uma vizinhança linear de raio R em torno do pixel principal localizado na posição central. A seguir a ilustração mostra na prática o método:

Download e instalação

A seguir as instruções para instalação do pacote pam-face-authentication:

A partir do Código Fonte

Para iniciar, efetue o download com o comando wget.

Descompacte e compile o pacote:

$ tar -zxvf pam-face-authentication-0.3.tar.gz $ cd pam-face-authentication-0.3/ $ mkdir build $ cd build $ cmake -D CMAKE_INSTALL_DIR=/usr .. $ make

$ sudo make install

Instalação no openSUSE

1click.jpg Os felizes usuários do sistema openSUSE também podem optar pela instalação 1-Click Install repositório de software.

Cadastramento e configuração do pam (autenticação)

Caso o seu equipamento trabalhe com mais de uma webcam, para selecionar o dispositivo desejado, basta modificar o arquivo /usr/local/share/config.xml

<?xml version="1.0"?> <opencv_storage> <CAMERA_INDEX>1</CAMERA_INDEX> </opencv_storage>

Para cadastrar a amostragem biométrica, execute o comando qt-facetrainer (vídeo no final do texto) .

$ qt-facetrainer

Para incluir a autenticação facial no comando su e no login GDM,adicione a linha a seguir ao arquivo /etc/pam.d/su e /etc/pam.d/gdm.

Arquivo /etc/pam.d/su:

auth sufficient pam_face_authentication.so

Arquivo /etc/pam.d/gdm:

auth sufficient pam_face_authentication.so enableX

A seguir, videos demonstrativo o software em execução. Use a força, LEIA O FONTE!!!

Conclusão: "O próximo grande salto evolutivo da humanidade será a descoberta de que cooperar é melhor que competir"


Sobre o autor: (Alessandro de Oliveira Faria A.K.A.CABELO )