The wikis are now using the new authentication system.
If you did not migrate your account yet, visit https://idp-portal-info.suse.com/

Beryl

Ir para: navegação, pesquisa


O Beryl é um ambiente de trabalho acelerado por OpenGL que proporciona uma experiência de ambiente de trabalho livre, open source à comunidade que reflecte os desejos dos utilizadores. Acima de tudo, o projecto procura ouvir e responder aos pedidos dos utilizadores. O Beryl é um fork do Compiz.

O Beryl possui mais alguns efeitos do que o gestor de janelas comum Compiz, incluindo novas animações tais como Window Burns, um Plugin 3D (colorido), e mais.


Beryl: Transparent Cube

Instalação em openSUSE 10.2

Beryl com Xgl

Neste método vamos configurar o Beryl para correr em Xgl. Esta é a maneira recomendada para correr o Beryl ou Compiz em openSUSE uma vez que outros métodos (AIGLX/NVIDIA) ainda não providenciam uma performance confiável.

Pré-requisitos:

1.

  • Placa nVidia: Instalar os drivers com aceleração nVidia. Veja: NVIDIA
  • Placa ATI: Instalar o novo driver ATI para o Xorg 7.2. Veja aqui
  • Placa Intel: Certifique-se que a aceleração 3D (opção "Active 3D Acceleration") está activada em:
Menu K -> Computador -> YaST. Depois: Hardware -> Placa Gráfica e Monitor. 

2. Adicione o repositório adicional Beryl, a partir do serviço de compilação openSUSE.

zypper sa http://ftp.skynet.be/pub/software.opensuse.org/X11:/XGL/openSUSE_10.2/ xgl
  • Para adicionar este repositório ao Smart, introduza:
su
smart channel --add http://ftp.skynet.be/pub/software.opensuse.org/X11:/XGL/openSUSE_10.2/X11:XGL.repo

3. Agora instale os seguintes pacotes (Utilizando YaST -> Gestão de Software -> procure por Beryl):

  • beryl-core-snapshot
  • beryl-manager-snapshot
  • beryl-plugins-snapshot
  • beryl-settings-snapshot
  • compiz
  • emerald-snapshot : window decorator
  • emerald-themes-snapshot
  • aquamarine-snapshot
  • xgl

Se não quiser a última versão snapshot svn, e prefere antes instalar uma versão estável do Beryl, então instale todos os pacotes como em cima, mas sem -snapshot. Isto pode ser feito facilmente com o rug, zypper, smart ou YaST. O Compiz é necessário para uma fácil troca com o XGL, você também poderá escolher executar o beryl ou compiz a partir do beryl-manager mais tarde.

4. Activar Xgl:

su
gnome-xgl-switch --enable-xgl

(não precisa de estar a correr o GNOME: este comando aplica-se a utilizadores GNOME ou KDE)

5. Reinicie o servidor gráfico X:

su
rcxdm restart

6. Execute o beryl!

beryl-manager

Possível erro:

  1) ao iniciar o X queixa-se que existe mais do que um servidor X
  2) durante uma sessão com beryl: os menus e janelas são rederizados com uma caixa branca à volta
  possivelmente se utilizou antes aiglxu, e mudou agora para xgl
  *Solução: remova todos os /tmp/.Xgl-Auth-* para outra pasta

Beryl com drivers nVidia - sem Xgl/AIGLX

Desde o Xorg 7.x, os efeitos 'composite' podem ser utilizados sem Xgl e apenas com uma placa nVidia. Isto utiliza a implementação nVidia de GLX_EXT_texture_from_pixmap,e não AIGLX presente/opcional no Xorg ou do Xgl.

Pré-requisitos:

  • nVidia (> geforce 4)

1. Instalar os driver nVidia com aceleração. Veja: NVIDIA

2. Adicione o repositório adicional Beryl, a partir do serviço de compilação openSUSE.

  • Para adicionar este repositório ao Yast, veja:

Repositórios YaST Adicionais

  • Para adicionar este repositório ao Smart, introduza:
smart channel --add http://ftp.skynet.be/pub/software.opensuse.org/X11:/XGL/openSUSE_10.2/X11:XGL.repo

3. Agora instale os seguintes pacotes:

  • beryl-core-snapshot
  • beryl-plugins-snapshot
  • emerald-snapshot : window decorator
  • emerald-themes-snapshot
  • aquamarine-snapshot
  • beryl-settings-snapshot
  • beryl-manager-snapshot

4. Active 'composite' no Xorg:

su
nvidia-xconfig --composite
nvidia-xconfig --allow-glx-with-composite
nvidia-xconfig --render-accel
nvidia-xconfig --add-argb-glx-visuals

5. Reinicie o servidor gráfico X:

su
rcxdm restart

6. Execute o beryl!

beryl-manager

Beryl com X.org AIGLX ou nativo NVIDIA

Pré-requisitos:

  • Placa nVidia (> geforce 4), or
  • Relevante Placa Intel: i830 até i945. i810 funciona, mas o DRI requer um profundidade de 16 bit. Ou
  • Relevante Placa ATI: Radeon 7000 até X850 (gerações r100 até r400).

1.

  • Placa nVidia: Instalar os drivers nVidia com aceleração. Veja: NVIDIA
  • Placa ATI: Instalar o novo driver ATI para o Xorg 7.2. Veja aqui
  • Placa Intel: ertifique-se que a aceleração 3D (opção "Active 3D Acceleration") está activada em:
Menu K -> Computador -> YaST. Depois: Hardware -> Placa Gráfica e Monitor. 

2. Se está a executar Xgl, certefique-se que o desactiva agora:

su
gnome-xgl-switch --disable-xgl

Nota: este comando aplica-se a utilizadores GNOME e KDE.

3. Faça backup da sua configuração Xorg:

su
cp /etc/X11/xorg.conf /etc/X11/xorg.conf.$(date +%y%m%d-%H%M%S)

4. Abra o ficheiro xorg.conf para edição:

Logo-kde.png
Para ambeinte do Desktop KDE:
 kdesu kate /etc/X11/xorg.conf

{{{2}}}



Logo-gnome.png
Para o ambiente de Desktop GNOME:
 gksu gedit /etc/X11/xorg.conf 
{{{2}}}


Verá agora que o ficheiro está desmarcado em Sections. É necessário editar e adicionar algumas linhas, que são opções:

Em Section "ServerLayout", adicione:

Option "AIGLX" "true"

Em Section "DRI", adicione:

Group 0
Mode 0666

Em Section "Device", adicione:

Option      "XAANoOffscreenPixmaps" "true"
Option      "DRI"     "true"

Agora crie também uma nova secção assim:

Section "Extensions"
      Option   "Composite"   "Enable"
EndSection

As partes importante dos ficheiro xorg.conf deverão agora ser algo assim (poderá variar um pouco):

Section "Extensions"
  Option   "Composite"   "Enable"
EndSection

Section "DRI"
   Group      0
   Mode       0666
EndSection

Section "ServerLayout"
 Identifier   "Layout[all]"
 InputDevice  "Keyboard[0]" "CoreKeyboard"
 InputDevice  "Mouse[1]" "CorePointer"
 InputDevice  "Mouse[3]" "SendCoreEvents"
 Option       "Clone" "off"
 Option       "Xinerama" "off"
 Option       "AIGLX"   "true"
 Screen       "Screen[0]"
EndSection

Section "Device"
 BoardName    "915 GM"
 BusID        "0:2:0"
 Driver       "i810"
 Identifier   "Device[0]"
 Option       "NoDDC"
 VendorName   "Intel"
 Option       "XAANoOffscreenPixmaps" "true"
 Option       "DRI"   "true"
EndSection

Agora certifique-se que guarda o ficheiro, e depois feche o editor.

5. Agora reinicie o servidor gráfico X:

su
rcxdm restart

6. Execute o Beryl!

beryl-manager


Configuração

Iniciar o Beryl automaticamente

Método 1

Logo-kde.png
Para ambeinte do Desktop KDE:

Introduza (como utilizador, não como root):

ln -s /usr/bin/beryl-manager ~/.kde/Autostart/beryl-manager
ln -s /usr/bin/beryl ~/.kde/Autostart/beryl

{{{2}}}



Logo-gnome.png
Para o ambiente de Desktop GNOME:

Vá ao Centro de Controlo GNOME -> Sessões. Abra o último separador, "Startup Programs". Aí, adicione os dois seguintes à lista:

beryl-manager
beryl

{{{2}}}


Método 2

NOTA: Siga este passo se "Método 1" não está a funcionar para si

Abra o konsole ou xterm e:

1. Vá até a sua directoria home

 cd ~

2. Copie o template xinitrc template para criar um novo

 cp .xinitrc.template .xinitrc

3. Abra o ficheiro ".xinitrc" com um editor (p.ex. kedit, emacs, ou vi), neste caso estou a usar emacs

 emacs .xinitrc

4. Procure pela linha que diz:

 # Add your own lines here...


5. Por baixo dessa linha, adicione o seguinte:

 exec beryl &
 exec emerald &
 exec beryl-manager &

6. Guarde o ficheiro ".xinitrc"

7. Saia do KDE, GNOME, ou do seu gestor de janelas

8. Entre de novo, e depois já poderá "rodar o cubo" ^_^

Método 3

Logo-kde.png
Para ambeinte do Desktop KDE: Este método só funciona com XGL e KDE.

1. Crie um ficheiro chamado kde-start-compiz em /home/<user>/bin/

2. Insira as duas linhas seguintes:

beryl-xgl &
beryl-manager &

ou, se prefere utilizar o decorador de janelas Aquamarine (KDE) em vez do Emerald:

beryl-xgl &
beryl-manager --no-force-decorator &
aquamarine &

3. Torne o ficheiro executável (clique botão direito -> Propriedades -> Permissões)

Daqui em diante, sempre que o XGL for activado (gnome-xgl-switch --enable-xgl) esse ficheiro irá ser execturado durante o início do KDE. Por isso para evitar que o Beryl inicie não terá de remover o ficheiro, simpelsmente desactive o XGL (gnome-xgl-switch --disable-xgl) e o ficheiro irá ser ignorado até que o XGL seja activado de novo.

4. Execute (como root)

gnome-xgl-switch --enable-xgl

Depois disso execute:

rcxdm restart

E faça login de novo.
{{{2}}}


Método 4

Logo-kde.png
Para ambeinte do Desktop KDE: Este método apenas funciona com XGL e KDE, mas inicia mais rapidamente.

1. Faça login utilizando um sessão failsafe.

2. Edite ~/.kde/share/config/ksmserverrc.

Certifique-se que tem as seguintes linhas na secção '[General]':

 defaultWM=beryl-xgl
 excludeApps=beryl-xgl
 loginMode=default

Se o seu último modo de login foi restorePreviousLogout, então faça uma limpeza na última secção:

 [Session: saved at previous logout]
 count=0

3. Remova quaisquer outros ficheiros de inicio do beryl em '~/.kde/Autostart/', e crie um novo ~/.kde/Autostart/beryl-manager.desktop com as seguintes linhas:

 [Desktop Entry]
 Comment=
 Comment[fr]=
 Encoding=UTF-8
 Exec=beryl-manager --no-force-window-manager --no-force-decorator
 GenericName=
 GenericName[fr]=
 Icon=
 MimeType=
 Name=
 Name[fr]=
 Path=
 StartupNotify=false
 Terminal=false
 TerminalOptions=
 Type=Application
 X-DCOP-ServiceType=none
 X-KDE-SubstituteUID=false
 X-KDE-Username=
 X-KDE-autostart-after=kdesktop

Esta é uma entrada "clássica" do beryl-manager que cria um ícone no tray, mas não lança nada ('--no-force-window-manager --no-force-decorator').

4. Faça logout, e depois login usando uma sessão KDE.

Este truque evita lançar um 'kwin' inútil, e também remove aquele flash negro quando o kwin é fechado pelo beryl-manager no fim da sequência de início.

NOTA : a remoção do pacote 'compiz' irá evitar uma possível modificação do ficheiro ksmserverrc durante uma actualização.


{{{2}}}


Utilizando outras decorações

Compiz (GTK-W-D) e Metacity

Certifique-se que tem instalado o pacote compiz mais recente, e depois execute apenas:

gtk-window-decorator --replace &

Utilizando KDE em vez de emerald

Introduza simplesmente (como utilizador, não como root):

aquamarine --replace &

Para voltar a usar o emerald como decorador de temas depois, introduza:

emerald --replace &


Resolução de problemas

Outro gestor de 'composite' já está em execução

Muito provavelmente o KDE está a executar o seu próprio gestor de efeitos 'composite' (utilizando o kompmgr), e sendo assim o Beryl não poderá correr. Para desactivar os efeitos de janelas do KDE, abra o centro de controlo e desactive os efeitos de translucidez:

Menu K -> Configurar Ambiente de trabalho (Definições Pessoais). Depois vá a Ambiente de trabalho -> Comportamento das Janelas

Abra o último separador, "Translucidez", e desmarque a opção "Usar Translucidez/sombras". Agora já poderá abrir o beryl-manager novamente, e tudo deverá correr bem.

Nota: Se as instruções em cima não funcionarem, poderá ser necessário adicionar a linha

Option       "Composite" "0"

à área Extensions no ficheiro /etc/X11/xorg.conf. Até agora, esta opção tem de estar presente se estiver a usar o driver fglrxr (Testado em ATI Radeon 9600)

Problema de cubo branco com AIGLX

Inicie o beryl com o seguinte comando.

 beryl --use-copy

Em alternativa seleccione em beryl-manager -> Advanced Beryl Options -> Rendering path -> Copy

ou

ponha o seguinte em ~/.beryl-managerrc


 [beryl-settings]
 render_path=2

Usando Beryl em Xgl com compiz e KDE

Se Iniciar o Beryl automaticamente não funcionar bem
Aparece um problema do tipo (ao iniciar o beryl):

beryl: pixmap 0x30001e9 can't be bound to texture
beryl: Couldn't bind redirected window 0x2e00007 to texture
.....

Só vi o ambiente de trabalho branco com janelas cinzentas

Isso aconteceu no meu PC - a solução é usar no início do kde beryl-xgl (irá substituir o compiz)
(bom, antes disso remova os ficheiros ~/.kde/Autostart/beryl-manager e ~/.kde/Autostart/beryl se existirem)
Sendo assim introduza num terminal

ln -s /usr/bin/beryl-xgl ~/.kde/Autostart/beryl-xgl
touch ~/.kde/Autostart/beryl-manager

ponha o seguinte em ~/.kde/Autostart/beryl-manager :

#!/bin/sh
beryl-manager --no-force-window-manager &

para obter o menu do gestor do beryl... É tudo.


Instalar aplicações automaticamente

Existe também um script kommander muito conveniente, opensuse-xgl-settings, que lhe poderá automatizar o processo.


Links