The wikis are now using the new authentication system.
If you did not migrate your account yet, visit https://idp-portal-info.suse.com/

Portal:15.2

Ir para: navegação, pesquisa

O Leap 15.2 foi lançado. Para detalhes veja as informações de empacotamento. O openSUSE Leap 15.2 oferece a usuários profissionais, empreendedores e ISVs (Independent Software Vendors) suporte atualizado a hardware moderno com melhorias na funcionalidade YaST e um instalador aprimorado. O Leap 15.2 foi lançado em e de julho de 2020.


O openSUSE Leap 15.2 é...


Icon-wiki.png Migração corporativa, se necessário

O SUSE continua suportando a migração do Leap para o SLE, o que oferece aos integradores de sistemas que desenvolvem no Leap a possibilidade de migrar para uma versão corporativa para certificações, implantações em massa e / ou suporte de longo prazo estendido. O openSUSE Leap 15.2 traz muitos pacotes comunitários construídos sobre um núcleo a partir das fontes do SUSE Linux Enterprise (SLE) 15 Service Pack (SP) 2. O Leap 15.2 compartilha seu núcleo comum com o SLE 15 SP2. A primeira versão do Leap foi a versão 42.1 e foi baseada no primeiro Service Pack (SP1) do SLE 12. A versão corporativa do SUSE e a versão da comunidade do openSUSE agora estão alinhadas para facilitar a migração para aqueles que desejam fazer a transição para uma versão corporativa.

Icon-network.png Pronto para servidor

A versão possui uma seleção de função do sistema que oferece uma função de servidor clássica e uma função de Servidor Transacional. Contribuída pelo Projeto Kubic, essa função usa atualizações transacionais e um sistema de arquivos raiz somente de leitura para fornecer ao Leap 15.2 os benefícios das atualizações atômicas em vários casos de uso. numa multitude de utilizações.

Para Desenvolvedores

Icon-network.png Tecnologias de Conteinerização

O Leap 15.2 está repleto de várias tecnologias de contêineres, como a Singularity, que trazem contêineres e reprodutibilidade à computação científica e ao mundo da computação de alto desempenho (HPC). A singularidade apareceu pela primeira vez na distribuição Leap no Leap 42.3 e fornece funcionalidade para criar os menores contêineres mínimos e executa os contêineres como ambientes de aplicativos únicos. Outro pacote oficial no Leap 15.2 é o libcontainers-common, que permite a configuração de arquivos e páginas de manual compartilhados por ferramentas baseadas nas bibliotecas github.com/containers, como Buildah, CRI-O, Podman e Skopeo. Os contêineres e as ferramentas do Docker tornam os aplicativos de construção e remessa fáceis e rápidos. Use o pacote container para executar contêineres de acordo com as Especificações da Iniciativa de Contêiner Aberto. O Flatpak e o AppImage, que são utilitários de software para implantação de software, gerenciamento de pacotes e virtualização de aplicativos, permitem que os desenvolvedores forneçam aos usuários aplicativos Linux que são executados isoladamente do restante do sistema. O Leap 15.2 vem com kubernetes 1.18

Icon-security.png Linguagens e Bibliotecas

O Leap oferece todas as linguagens de programação que um desenvolvedor pode escolher. Go, Rust, Haskell, C ++, Ruby on Rails, Java, Python, Perl e muito mais. O Leap também possui várias bibliotecas para as necessidades dos desenvolvedores, como libzypp, libvirt, glib, libstorage-ng e mais. Crie bibliotecas compartilhadas com a libvirt, use o conjunto de scripts de shell no libtool-testsuite ou use glib como uma biblioteca de utilidades de uso geral para tipos de dados, macros, conversões de tipos, utilitários de string, utilitários de arquivo, utilitários de arquivo, uma abstração do loop principal e muito mais.


Para administradores de sistemas

Icon-network.png Gerenciando Sistemas
Leapcontainers.png

Os administradores de sistema e pequenas empresas podem usar o Leap para hospedar servidores da Web e de correio. Os administradores de sistemas podem aproveitar ao máximo o protocolo de gerenciamento de rede (DHCP), alocar recursos do DNS (Sistema de Nomes de Domínio) ou oferecer aos computadores clientes arquivos de acesso através de um NFS (Network File System). Também estão disponíveis pacotes de compartilhamento de arquivos e host, como o NextCloud, e o pacote de aplicativos de groupware Kopano faz parte do lançamento oficial do Leap 15.2. Os usuários existentes do Leap devem encontrar a atualização para o Leap 15.2 sem interrupções, vinda do Leap 15.1. A atualização de versões anteriores do Leap também é suportada. Também vale lembrar que o openSUSE Leap usa Delta RPMs para todas as atualizações de manutenção, garantindo que os requisitos de largura de banda a longo prazo para manter seu sistema Leap sejam os menores possíveis.

Icon-yast.png Para tudo, YaST

Algumas das melhorias no YaST contribuíram para um melhor gerenciamento de serviços. O Firewalld pode ser gerenciado no modo de texto. Existe uma nova interface do usuário para gerenciar o Firewalld, incluindo suporte / avanços do AutoYaST. Os administradores de sistema terão melhor controle com as fórmulas Salt no módulo yast2-configuration-management, e o gerenciamento de chaves SSH por usuário tornará as tarefas do administrador de sistemas muito mais agradáveis. O YaST possui um Partitioner aprimorado, que agora pode formatar diretamente discos completos sem tabelas de partição, criar RAIDs MD de software sobre discos completos, criar partições dentro de um RAID MD definido por software e muitas outras combinações; o AutoYaST suporta todas essas combinações. O trabalho que a equipe do YaST colocou na ferramenta de instalação possui uma melhor proposta de particionamento padrão em vários cenários, como aqueles com discos pequenos ou sistemas com vários discos, facilitando as soluções para os profissionais de Linux.


Para usuários

Logo-kde.png KDE

Esta versão continua usando a versão de suporte a longo prazo do KDE Plasma 5.18 e todas as suas ferramentas e aplicativos suportados pela comunidade. O Leap oferece imagens Live para a área de trabalho Plasma e, por meio do PackageHub, os usuários do SLE 15 SP2, também podem usar o Plasma 5.18 LTS. Veja o KDE changelog do KDE para um resumo detalhado das mudanças.

Logo-gnome.png GNOME

Os usuários do openSUSE Leap podem escolher seu ambiente, configuração e instalação favoritas. A versão GNOME 3.34 no Leap 15.2 é igual à versão usada no SLE 15 SP2, que usa Wayland por padrão. O Leap oferece imagens Live para a área de trabalho do GNOME.

Logo-xfce.png Xfce

O openSUSE Leap 15.2 contém o tão aguardaddo Xfce 4.14. Após um longo ciclo de desenvolvimento (4 anos!), todos os componentes centrais foram portados para o GTK 3. O desktop vem agora com o novo tema GTK openSUSE predefinido e continuamos a aperfeiçoar a experiência padrão ao adicionarmos novos pacotes que complementam o desktop tornando-o mais aconchegante a novos usuários. Veja o changelog para mais detalhes.

Sway Tree.png Sway

O openSUSE Leap 15.2 contém o compositor tiling Wayland Sway, este vem para repor o i3 window manager para X11.


Icon-desktop.png Educação, Pesquisa e Saúde

A distribuição Leap suporta as comunidades de saúde, ciência, pesquisa e desenvolvedor com pacotes como o GNU Health, que pode ajudar a facilitar a operação de um hospital e a coleta de dados vitais do paciente, e o QGIS, que permite aos pesquisadores criar, editar, visualizar, analisar e publicar informações geoespaciais. Grafana e Prometheus são dois novos pacotes a serem mantidos que abrirão novas possibilidades para analistas de sistemas. O Grafana dispõe ao usuário final a possibilidade de criar análises visuais interativas. Os pacotes de tratamento de dados cheios de novas funcionalidades - Graphite, Elastic e Prometheus - dão aos usuários do openSUSE melhores possibilidades de construir, computar e decifrar dados mais racionalmente.

Icon-wiki.png Internacionalização

Esta versão do openSUSE usa o Weblate para coordenar a tradução do openSUSE em mais de 50 idiomas. A interface Weblate do openSUSE permite que todos (de tradutores dedicados a colaboradores casuais) participem do processo e torna possível coordenar as traduções do openSUSE com as do SUSE Linux Enterprise, aumentando a colaboração entre a comunidade e a empresa.

Ai.png Inteligência Artificial

Muitos pacotes de Inteligência Artificial estão disponíveis no Leap 15.2.

Tensorflow: Um framework para deep learning que pode ser utilizado por cientistas, fornece computação numérica e gráficos de fluxo de dados. Sua estrutura flexível habilita o usuário a utilizar uma ou mais núcleos num desktop, servidor ou dispositivo móvel para calcular sem ter que rescrever o código.

PyTorch: Feito tanto para servir quanto computar recursos, esta biblioteca de machine learning aperfeiçoa a capacidade de usuários experientes a prototipar projetos e movê-los para linha de produção.

ONNX: Um constructo de formato aberto para representar modelos demachine learning, provê interoperabilidade no campo de ferramentas IA. Possibilita a desenvolvedores de IA desenvolverem modelos com uma variedade de frameworks, ferramentas, runtimes, e compiladores.


Icon-new.png

Descubra

Icon-help.png

Documentação

  • Instalação e Upgrade · Aprenda como instalar o openSUSE de várias maneiras
  • Bugs mais incômodos · Fique à par de erros conhecidos e problemas comuns
  • Manuais · Leia ou baixe a última edição do openSUSE books
  • Ajuda · Registrar um relatório de erros
Icon-community.png

Divulgação

Capturas de tela
GNOME YaST appfolder 15.2.png