Home Wiki > Portal:42.3
Sign up | Login

Portal:42.3

tagline: De openSUSE

openSUSE 42.3 Informação de lançamento editar

A terceira edição do Leap da série 42 traz a versão da comunidade com um alinhamento mais estreito com o núcleo compartilhado do SUSE Linux Enterprise (SLE) 12 Service Pack 3. Usuários são aconselhados a tirar proveito da atualização perfeita para o Leap 42.3. A manutenção do Leap 42.2 chega a seu fim em seis meses.

O lançamento do Leap 42.3 fornece um confiável sistema operacional de servidores para implementar serviços de TI em ambiente físico, virtual ou de nuvem.

O Leap 42.3 continua a usar a versão 5.8, com Suporte de Longo Prazo, do KDE como sua seleção padrão de desktop enquanto oferece também o GNOME 3.20, o mesmo usado pelo SUSE Linux Enterprise. Uma variedade de desktops adicionais está disponível no instalador através da nova seleção de desktop.

Este lançamento do openSUSE Leap é bastante adequado para servidores, graças a seu perfil de instalação para servidores e seu completo instalador de modo texto, incluindo todas as opções do YaST mas sem um ambiente gráfico.

A estabilidade e o núcleo compartilhado do openSUSE Leap 42.3 fornece uma distribuição Linux atestada e de alta qualidade para administradores de sistema, desenvolvedores e usuários em geral.

O Leap e o projeto openSUSE fornece o DevOps, um conjunto de ferramentas de programação que desenvolvedores necessitam para alcançar o sucesso. Microservices com o Leap oferece escalabilidade e entrega contínua através do Docker e do Kubernetes bem como configurações fáceis com Salt, Ansible e outras tecnologias openSUSE. A nova integração do AutoYaST com SaltStack e outros sistemas de gerenciamento de configurações podem tomar conta da instalação do sistema (particionamento, configurações de rede, etc) e então delegar a configuração do sistema à uma dessas ferramentas externas bastante utilizadas.

Desenvolvedores e empresas podem tirar proveito das extensas biblioteca centrais encontradas no Leap 42.3 para construir ou melhorar programas de uso empresarial. Já que o Leap e o SLE compartilham um núcleo em comum, desenvolvimento de software com pacotes no Leap para usá-lo em produção no SLE nunca esteve tão fácil. Além do mais, integradores de sistemas podem desenvolver no Leap com a possibilidade de ter seu trabalho agregado à um futuro Lançamento do SLE.

Veja você mesmo porque o openSUSE Leap é uma distribuição comunidade-empresa que vale a pena ser adotada. Downloads do openSUSE Leap 42.3 podem ser encontrados em software.opensuse.org/. Usuários que atualmente rodam o openSUSE 42.2 podem atualizar para o openSUSE Leap 42.3 através das instruções de upgrade. Baixe o Leap 42.3 em software.opensuse.org. É recomendado que você leia as Notas de Lançamento antes da instalação.

Destaque de funcionalidades editar


O openSUSE Leap 42.3 é...

Icon-wiki.png
Ainda Mais Empresarial

Depois de usar o SLE (SUSE Linux Enterprise) como base para o openSUSE Leap e adicionar mais código fonte do SLE 12 no Leap 42.2, o Leap 42.3 adiciona ainda mais pacotes do SLE 12 SP 3 e sincroniza vários pacotes comuns. O código base compartilhado permite que o openSUSE Leap 42.3 receba uma manutenção melhor e correções de erro tanto da comunidade openSUSE como dos engenheiros da SUSE.

Icon-network.png
Feito Pronto Para Servidores

O openSUSE Leap 42.3 oferece uma opção de instalação para servidores durante a instalação. Com um ambiente não gráfico, uma instalação do Leap para servidores deixa o servidor pronto para fazer o que quer que você precisa que ele faça. Algo simples como rodar uma plataforma de E-mail ou Web está mais fácil do que nunca, assim como projetos complexos usando virtualização ou tecnologias de contêiner. Por exemplo, usuários procurando por um serviço do tipo "Troca de menssagens" podem se beneficiar da última versão da plataforma de colaboração Kopano, incluindo suporte para o Thunderbird, Outlook e clientes de e-mail móvel. É bom lembrar também que o Leap e todas as outras distribuições openSUSE e SLE tem suporte a um instalador completo em modo texto, oferecendo a mesma funcionalidade do instalador gráfico. O instalador é totalmente capaz de fazer instalações remotas usando VNC ou SSH, permitindo que você configure o seu servidor openSUSE Leap sem nem mesmo estar perto dele.


Para Desenvolvedores

Icon-network.png
Contêineres e Aplicações em Contêineres

O openSUSE Leap 42.3 vem com o Docker 1.12 que constroe sobre a sua recente adoção do runC e do containerd para trazer as últimas funcionalidades de orquestração, como o Docker Swarm. Contêineres do Docker e tooling fazem a criação e o envio de aplicações dramaticamente mais fácil e rápido. Este lançamento é o primeiro a incluir o Flatpak, um utilitário para implementação de softwares, gerenciamento de pacotes e virtualização de aplicações para Linux. Ele fornece um ambiente sandbox onde os usuários podem rodar aplicações isoladas do resto do sistema.

Maintenance.png
IDEs e tooling

OLeap 42.3 carrega uma versão amadurecida do conjunto de ferramentas Qt 5 GUI (5.6) LTS. Qt 5.6 tem algumas correções não críticas da estrutura do Qt e de bibliotecas de terceiros. Qt agora detecta filas de impressão remota usando avahi. Isso adiciona um atraso na primeira vez que um diálogo de impressão é aberto em uma aplicação. Se você não tem nenhuma impressora em rede e acha o atraso muito irritante, ele pode ser desabilitado ao configurar a variável de ambiente QT_DISABLE_PRINTER_DISCOVERY para 1 em /etc/environment . O GTK 3.20, compartilhado com o SUSE Linux Enterprise 12 SP3, fornece um conjunto de ferramentas sólido & estável para construir aplicações baseadas no gtk. O GNOME Builder é oferecido como uma IDE de uso geral poderosa não somente para aplicações GTK baseadas em C, C++ e Vala, como para muitas outras Linguagens. Para todas as suas necessidades de compilação, o Leap 42.3 tem o gcc 4.8.5 como seu compilador padrão, mas o gcc 5.3.1, 6.2.1 e 7.1.1 também são opções disponíveis para desenvolvedores.

Icon-security.png
Linguagens e Bibliotecas

O openSUSE Leap 42.3 inclue tanto Linguagens de Programação mais velhas como mais novas. Go 1.6.2, Python 2.7, Ruby 2.4 e Perl 5.18 estão todas disponíveis no Leap 42.3. Este lançamento Leap fornece uma nova e importante versão de bibliotecas. Novos funcionalidades para libvirt 3.3.0 ao habilitar agrupamento de dados e a capacidade de melhorar a performance para convidados. A utilidade para o gerenciador de pacotes foi aprimorada com o libzypp (16.12). O Leap também tem a bem consolidada Biblioteca C GNU com habilitação Power 9.


Para Administradores

Icon-network.png
Virtualização

O openSUSE Leap 42.3 está cheio de soluções para virtualização. O QEMU 2.9 fornece um emulador de CPU com desempenho extremamente bom, que te permite escolher entre simular todo um sistema ou apenas rodar binários do espaço de usuário para diferentes arquiteturas. O VirtualBox 5.1.22 tem um patch para a mudança de API no Leap 42.3. O openSUSE Leap 42.3 tem um sistema base perfeito para distribuir aplicações, a configuração fica fácil com o YaST e gnome-boxes. Administradores de sistema estarão aptos a implementar soluções fáceis e rápidas com o openSUSE Leap 42.3. O lançamento fornece aos admministradores de sistemas diversas opções para manter facilmente operações confiáveis de sistemas de computadores. Crie e gerencie contêineres Linux com o Leap usando Docker e LXC. E mais, tome o controle de suas imagens de contêineres Linux com o Projeto Portus do openSUSE.

Icon-yast.png
Tudo YaST

As corridas para o desenvolvimento do YaST trouxe uma grande quantidade de melhorias para o openSUSE Leap 42.3. A comunidade YaST tem trabalhado duro para aperfeiçoar a usabilidade e continua a trazer novas ferramentas e módulos no Tumbleweed e no Leap. A lista de melhorias inclue a ampliação da habilidade de configuração e uso da Inicialização Confiável também em sistemas EFI, novas possibilidades para instalação de redes, melhorias no particionador YaST e melhor integração com serviços Systemd. A mudança mais visível é a renovação da tela de seleção de desktop no instalador, que oferece um espaço mais justo para todos os outros ambientes gráficos além do KDE e do GNOME. O instalador não oferece mais uma seleção predefinida de ambientes gráficos "secundários", mas conta com os padrões existentes criados e mantidos por entusiastas de cada ambiente gráfico. Então o princípio "aqueles que fazem, decidem" agora também guia a seleção de desktops disponíveis. O AutoYaST agora é mais robusto, poderoso e amigável do que nunca. Além da instalação mais rápida em muitas situações e um melhor relatório dos ajustes executados automaticamente para o tamanho das partições, o gerenciamento de serviços foi movido para o primeiro estágio do AutoYaST, o que abre portas para diversas novas possibilidades de cenários solos mais flexíveis. A nova joia da coroa do AutoYaST é a sua integração nova em folha com o SaltStack e outros sistemas de gerenciamento de configurações introduzidos pelo novo membro da familia Leap: o pacote yast2-configuration-manager. Agora o AutoYaST pode tomar conta da instalação do sistema (particionamento, configuração de rede, etc) e então delegar a configuração do sistema à uma dessas ferramentas externas largamente usadas.

Icon-feature.png
Sistemas de Gererciamento

O openSUSE Leap possui o Samba 4.6.5 e vem com a versão de segurança 4.6.4, a qual toma conta de uma vulverabilidade de execução de código remota que permitia um cliente malicioso fazer upload de uma biblioteca compartilhada para um compartilhamento gravável, e então fazia o servidor carregá-la e executá-la. O Systemd 228 permanece no Leap 42.3 e recebeu correções para o vazamento de memória bem como melhoria na capacidade de retrocessos usando Tecnologia openSUSE. MariaDB 10.0.30 e os tarballs binários do Linux vão, agora, sempre descomprimir para diretórios que correspondem a seus nomes. A versão 5.6.36 do MySQL melhorou a performance do plugin thead_pool; conecção, autenticação e inicialização foi movida do "acceptor thread" para o "thread pool worker threads" que cuida das conecções clientes. Vale a pena também lembrar que o openSUSE Leap usa Delta RPMs para todas as atualizações de manutenção, assegurando que os requisitos de largura de banda de longo termo para a manutenção do seu sistema Leap seja tão pequena quanto possível.


Para Usuários

Logo-kde.png
KDE

O openSUSE Leap 42.3 possui a edição de Suporte de Longo Prazo do KDE em seu programa de desktop líder, Plasma. O Plasma 5.8 LTS (do inglês Long Term Support) é o ambiente desktop padrão do openSUSE e rico em funcionalidades com ainda mais desempenho de forma estável. O mais novo Plasma 5.8.7 adiciona três meses de trabalho nas novas traduções e correções. Uma correção na touchscreen e ícones aprimorados estão disponíveis na seleção de desktop KDE do openSUSE Leap 42.3. KDE agora se integra com o Google Drive graças ao kio-gdrive que permite acessar seus dados na nuvem pelo Dolphin bem como pelos diálogos de arquivo do KDE. Para usar sua conta, instale o pacote kio-gdrive, abra o Dolphin, clique em Rede e então em Google Drive e "Nova Conta". O lugar novo pode ser adicionado ao painel lateral para se acessar facilmente seus arquivos do Google Drive em todas as aplicações do KDE. As correções de erros para o Plasma 5.8.7 são tipicamente pequenas mas importantes e inclue correções para gerenciamento de usuários, configuração do sistema, controles de volume de aúdio e a área de trabalho do Plasma. Administradores de sistema vão apreciar o suporte ao Kios em um Plasma aperfeiçoado no Leap 42.3. Confira as notas de lançamento do Plasma 5.8.7.

Logo-gnome.png
GNOME

O GNOME 3.20 é outra versão de desktop que permanece a mesma no openSUSE Leap 42.3. A sua estabilidade oferece controle de privacidade para melhorar o acesso à localização por aplicativo, rápido acesso à controles de mídia diretamente da shell; e atalhos de teclado e gestos podem ser facilmente aprendidos com a nova janela de sobreposição de atalhos. Muitas aplicações do GNOME tem janelas de atalhos para o 3.20, incluindo Arquivos, Vídeos, Fotos, gedit, Builder, Mapas e mais. Em cada aplicação, a janela de atalhos pode ser aberta pelo menu da aplicação, ou usando o atalho Ctrl+/ ou Ctrl+F1. O GNOME pode acessar diretamente o Google Drive através da aplicação de Arquivos no openSUSE Leap 42.3. Confira as notas de lançamento do GNOME 3.20..

Icon-desktop.png
Outros ambientes de desktop

O openSUSE Leap 42.3 oferece aos usuários a opção de escolher múltiplos desktops; experimente o MATE, o Xfce, o Enlightenment ou o Cinnamon. O LXQT 0.11.0, que tem experiência de usuário aprimorada, mais uma vez vem com o openSUSE Leap 42.3, mas não está disponível no instalador.

Icon-wiki.png
Internacionalização

Este lançamento do openSUSE usa Weblate para coordenar a tradução do openSUSE em mais de 50 idiomas. A interface do Weblate, do openSUSE, possibilita que qualquer um (desde dedicados tradutores até contribuidores casuais) tome parte no processo e faça possível coordenar a tradução do openSUSE com os tradutores do SUSE Enterprise Linux, impulsionando a colaboração entre comunidade e empresa.



Em detalhes editar

Icon-new.png

Descubra

Icon-help.png

Documentação

  • Instalação e Upgrade · Aprenda sobre como instalar o openSUSE de diversos jeitos
  • Erros mais irritantes · Descubra sobre complicações conhecidas e problemas comuns
  • Manuais · Leia ou baixe a última edição dos livros do openSUSE
  • Ajude · Arquive um Relatório de Erro
Icon-community.png

Divulgue

Lançamentos editar

Próximo Lançamento:

  • openSUSE Leap 42.3
small.pt.png

Versões Atuais:

Versões Anteriores Mantidas:


Capturas de tela editar

LXDE - PCManFM 42.3.png



zh:Portal:42.3 zh-tw:Portal:42.3